Publicidade
Publicidade

SAÚDE E ESTÉTICA

Por Miguel Ávila e Bárbara Paixão

Coluna

25/08/17 08:29 | Atualizado em: 25/08/17 08:29

SAÚDE

7 DICAS PARA ENVELHECER COM SAÚDE





A população brasileira está vivendo mais. O número de idosos aumenta a cada ano, mas a pergunta que fica é, qual a qualidade de vida desses idosos?
Todo mundo quer viver mais, no entanto, ninguém quer se tornar um idoso dependente, acamado ou até mesmo incapaz.

Pensando nisso, separamos 7 dicas simples, que podem fazer com que você chegue na melhor idade com mais saúde e disposição:

1. Se exercite! Calma, você não precisa se matricular em uma academia ou virar um corredor profissional! O Objetivo aqui é colocar o corpo em movimento, seja com uma caminhada de 30 minutos ou uma aula de dança. O importante é achar uma atividade que você goste e torna-la um hábito.
2. Se alimente bem! Não precisa abrir mão daqueles alimentos que você sabe que não são tão saudáveis assim, ou que de saudáveis não tem nada... basta ter equilíbrio. Prefira os alimentos de verdade, descasque mais e desembale menos! Consumir frutas, verduras, legumes e carnes diariamente é essencial para manter o corpo e a mente bem nutridos.
3. Beba água! Não é suco, chá, refrigerante (esse principalmente), é ÁGUA. Nada substitui a água e ela previne doenças, melhora o funcionamento do nosso corpo e só nos faz bem.
4. Use filtro solar! Não importa se o dia está nublado ou se você não vai à praia, o filtro solar deve ser usado diariamente, além de prevenir o câncer de pele, fazendo isso você retarda os sinais de envelhecimento que o sol causa na pele. Quem não chegar aos 40 com cara de 30?
5. Exercite o cérebro! Leia, estude, aprenda um novo idioma, faça palavras cruzadas, jogue xadrez... o importante é usar o raciocínio, assim você previne a perda de memória e vai se tornar um idoso lúcido e mentalmente ativo!
6. Durma! Respeite as horas de sono que seu corpo precisa, normalmente de 7 a 8 horas são suficientes. Noites mal dormidas atrapalham o metabolismo, pioram a imunidade além de deixar a pessoa com um péssimo humor.
7. Abandone maus hábitos! Por fim, deixe de lado hábitos que só te fazem mal. Pare de fumar, evite consumir bebidas alcoólicas em excesso, trabalhar demais e comer demais.

Para uma velhice saudável e feliz, invista no seu presente. Ao invés de se cuidar no futuro, mude hoje e invista em um amanhã melhor e cheio de planos.
 

24/05/17 11:38 | Atualizado em: 24/05/17 11:38

ORIENTAÇÕES

O que comer para “desinchar”?







No nosso último artigo falamos sobre como reduzir a gordura localizada na barriga, e hoje vamos abordar um outro assunto que muito interessa especialmente as mulheres. A retenção de líquidos! Ela é ocasionada por diversos fatores e acomete geralmente hipertensos, gestantes e mulheres no período menstrual.

O acúmulo de líquidos no corpo pode levar a pessoa a “engordar” cerca de 3kg em um único dia. Uma alternativa para melhorar esse quadro são os alimentos diuréticos. Eles ajudam o corpo a eliminar esse excesso de líquidos e até mesmo de sódio por meio da urina. Anote aí 5 alimentos diuréticos super fáceis de acrescentar na dieta:

Limão - o limão é um excelente diurético e pode ser inserido na alimentação de diversas formas, use para temperar saladas, fazer suco ou águas aromatizadas.

Aveia – é rica em potássio, mineral que modula a pressão arterial e ajuda a combater a retenção de líquidos. A vantagem da aveia é a versatilidade, é possível incluir em receitas como panquecas, bolos e biscoitos integrais ou até mesmo ingerir o farelo com frutas ou iogurte.

Hibisco – o chá de hibisco é um potente diurético e pode ser ingerido quente ou gelado, ao longo do dia. Evite tomar próximo as refeições.

Gengibre – pode ser consumido o chá ou ralado como tempero. O ideal é não passar de 1 pedaço médio (cerca de 5cm) ou 1 colher de sopa se for ralado. É contraindicado para hipertensos e gestantes pois aumenta a pressão arterial e pode causar aborto.

E por fim, o Alho in natura ou em pó pode ser utilizado para temperar os alimentos e não pode faltar na dieta de quem sofre com a retenção de líquidos.

Se esses alimentos forem associados a uma dieta com baixo teor de sódio e com mudanças no estilo de vida, os resultados são maravilhosos.

Lembre-se que o seu corpo reflete o que você come. Procure aproveitar os alimentos na sua forma natural, utilize temperos caseiros e aproveite os benefícios dos chás, frutas e hortaliças. Fuja dos alimentos industrializados cheios de sódio e açucares, logo você perceberá os benefícios.

Bárbara Paixão
Nutricionista – CRM 1 10814

 

13/04/17 08:59 | Atualizado em: 13/04/17 08:57

BELEZA

Ultrassom Microfocado – Dúvidas Frequentes


O que é o Ultrassom microfocado?

Ultrassom, todo mundo sabe o que é, principalmente pelo seu uso nas gestantes. A diferença do microfocado é, como a palavra diz, que ele emite ondas de maneira dirigida ou focada a pequenos pontos localizados profundamente na pele. Nessas microrregiões a energia do ultrassom estimula o tecido e promove o rejuvenescimento.

O que especificamente ele melhora na pele?

A principal indicação é o tratamento da pele flácida, o que melhora também rugas e sulcos. O ultrassom focado promove uma contração tecidual imediata e também estimula à produção de colágeno e elastina. E pode ser aplicado em vários locais, como rosto, pescoço, braços, abdome, coxas, bumbum, joelho, entre outros.

Existem outros equipamentos, como laser e radiofrequência, que melhoram a flacidez e rejuvenescem. Qual a vantagem do ultrassom microfocado sobre esses tratamentos?

A principal vantagem dessa tecnologia e a grande inovação que esse tratamento trouxe é a capacidade de tratar regiões muito mais profundas. E quanto mais profundo, maior o efeito sobre a sustentação da pele. Até o advento do ultrassom microfocado, as outras tecnologias tratavam apenas as regiões mais superficiais. Agora a realidade é outra. O ultrassom microfocado induz à contração de tecidos profundos e promove um lifting verdadeiro, em alguns aspectos comparável ao de uma cirurgia plástica, só que sem agulha e sem corte.

Todo mundo quer saber se esse procedimento dói?

As versões mais recentes e aperfeiçoadas dessa tecnologia têm uma aplicação muito tranquila. Praticamente não causa dor, mesmo quando se usa grandes energias. Dessa forma, não é propriamente dor, mas um pequeno desconforto.

E quanto tempo demora o procedimento?

É um procedimento relativamente rápido, sobretudo por ser confortável. Para tratar todo o rosto e o pescoço, por exemplo, leva em torno de 30 minutos apenas.

E qualquer pessoa pode fazer esse tratamento?

Praticamente qualquer pessoa que tenha queixa de flacidez. Algumas situações muito específicas são avaliadas antes do tratamento e eventualmente podem adiar ou limitar a realização, mas regra geral, não há contraindicações maiores.

Como o procedimento é feito?

É bastante simples. Após limpar a pele e delimitar a área que vai ser tratada, aplica-se gel de ultrassom. Com o paciente deitado, o transdutor é colocado sobre a pele e ligado para liberar as ondas de ultrassom. O transdutor, então, é movido alguns milímetros para o lado e ligado novamente, repetindo-se esse movimento até cobrir toda a região em tratamento.

Após o tratamento, é preciso algum tempo de repouso?

Essa é outra grande vantagem desse equipamento. Não precisa de tempo de recuperação. A pessoa faz o tratamento e pode seguir imediatamente com suas atividades normais. Eventualmente a pele fica levemente vermelha ou com pequenas áreas inchadas, as quais desaparecem geralmente em algumas horas.

Quantas sessões são necessárias e como é feito a manutenção dos resultados?

O ultrassom microfocado é um tratamento cujos resultados são vistos com apenas uma sessão. Algumas pessoas buscam intensificar ainda mais os resultados e acabam repetindo o tratamento em um mês, o que é perfeitamente possível. E para manter o efeito, recomenda-se apenas uma aplicação por ano.

Agora você já sabe tudo sobre o ultrassom microfocado! Lembre-se sempre de procurar um profissional e confiança e qualificado para realizar qualquer procedimento, não ponha em risco sua saúde. Até a próxima.



 

28/03/17 09:54 | Atualizado em: 28/03/17 09:18

APRESENTAÇÃO

A Alimentação e a Pele





A pele reflete muito do que nós comemos. O uso de cremes e outros tratamentos para cuidar da pele são limitados se não cuidarmos da alimentação, se não a nutrirmos também de dentro para fora.

Na Clínica Miguel Avila contamos com profissionais especialistas que garantem aos nossos clientes um atendimento mais completo. Em conversa com com a Nutricionista Bárbara Paixão, membro da nossa equipe, e que tem especialização em Fitoterapia aplicada a Estética e Prática Esportiva, ela me explicou que se não disponibilizamos nutrientes para o nosso corpo, ele não consegue ficar belo.

Nas palavras dela: “Imagine uma planta que é regada todos os dias e podada de tempos em tempos, mas que não recebe adubo, e nenhum outro cuidado adicional. Ela pode sobreviver, mas com certeza não vai ter a mesma vitalidade de uma planta que é adubada e nutrida”.

Assim como no exemplo da planta, hidratar-se é fundamental para manter a pele jovem e saudável. Além do convencional uso do filtro solar diariamente é preciso ter hábitos saudáveis, boas horas de sono e praticar atividade física, isso ajudará a fortalecer o corpo e torna-lo mais saudável.

Por fim, concluo com mais essas recomendações da nossa Nutricionista: “É preciso evitar alimentos ultra processados, eles são ricos em açucares e gorduras e nada de bom tem a oferecer. Opte sempre que possível pelos alimentos caseiros, sucos naturais e chás sem adição de açúcar. Os resultados de uma alimentação balanceada com certeza ficarão visíveis”.