Publicidade
Publicidade

ESTADO

Justiça Federal inocenta Sandoval Cardoso de crime contra sistema financeiro

Advogado do ex-governador, Leandro Chaves, acredita que ele será inocentado de todos os processos contra ele

11/08/17 17:13 | Atualizado em: 11/08/17 17:13

O juiz federal João Paulo Abe da 4ª Vara de Palmas inocentou o ex-governador Sandoval Cardoso (SD) em processo onde o político era acusado de utilizar dinheiro de um financiamento particular contratado com o Banco do Brasil em sua campanha eleitoral. Sandoval estava respondendo por crime contra o sistema financeiro nacional.

A denúncia foi feita pelo Ministério Público Federal em 2016. Na época, Sandoval era acusado de aplicar o montante de R$499.960,93, valor destinado ao custeio da atividade de bovinocultura que teria sido destinado para sua campanha eleitoral. O dinheiro teria, segundo o MPF, relatado na prestação de contas do ex-governador.

Segundo o magistrado, durante o processo não foram trazido aos autos qualquer elemento que provasse a denúncia dos fatos imputados a Sandoval. "Pelo contrário, durante a instrução o que se pôde efetivamente observar foram justificativas convincentes por parte parte da defesa, que se por um lado não foram capazes de afastar por completo as imputações que lhe foram atribuídas, concorreram para lançar dúvidas sobre a veracidade das eleições feitas", discorre a sentença.

De acordo com o advogado de Sandoval Cardoso, Leandro Fernandes Chaves a defesa sempre acreditou na inocência do ex-governador.

"Sandoval não utilizou de recursos do financiamento em sua campanha, o que poderia configurar crime contra a ordem financeira e tributária. Mesmo em tempos difíceis o judiciário segue retilíneo e de forma muito imparcial aplicou a justiça. O ex-governador segue acreditando na justiça que tão logo provará sua inocência em outros processos", finalizou.