Publicidade
Publicidade

POLÍTICA

Vereadores do partido de Amastha abrem mão do uso de emendas impositivas

06/12/17 15:01 | Atualizado em: 06/12/17 15:01

Os vereadores Tiago Andrino e Major Negreiros, ambos do PSB de Palmas, oficiaram a presidência da Câmara Municipal na manhã desta quarta, 6, sua decisão em renunciar às emendas parlamentares impositivas, de forma irrevogável, valendo já a partir do próximo ano. Essa é a primeira vez em que vereadores renunciam ao poder de destinar emendas.

“Eu sempre fui contra as emendas, acredito que elas ferem a democracia, prejudicam a renovação política e são uma forma de promoção pessoal do parlamentar, ferindo o princípio da impessoalidade e da eficiência com os recursos públicos. No Congresso serviram para salvar um presidente do impeachment, e na Assembleia do Tocantins, têm sido questionadas pela sociedade e pelos órgãos de controle. Precisamos de um novo pacto federativo e uma ampla reforma política”, avaliou.

Para Negreiros, líder governista na Câmara, a renúncia é uma forma de reforçar o seu posicionamento durante a votação.

“Eu votei contrário, em primeiro e segundo turno, e agora renuncio de forma irrevogável, para manter a coerência do meu voto. As emendas impositivas só servirão a interesses pessoais de uns, e não acho que sejam um benefício pra comunidade”, reforçou.

Com voto contrário de ambos, e de outros três parlamentares da base, as emendas foram aprovadas em votação na Casa, na última terça, 5.