ESTADO

Depressão infantil e violência autoprovocada são foco de proposta que tramita na Câmara

16/04/18 11:15 | Atualizado em: 16/04/18 11:15

A fim de alertar a sociedade sobre a depressão infantil e violência autoprovocada, tramita na Câmara de Palmas o Projeto de Lei (PL) que institui uma campanha permanente de conscientização do problema no município de Palmas. A iniciativa é da vereadora Laudecy Coimbra (SD).

O projeto prevê que o Poder Executivo designe uma equipe de profissionais da saúde, assistência social e educação da Prefeitura para que executem a campanha. Seriam utilizadas verbas próprias do orçamento municipal para a execução da Lei, suplementadas se necessário.

Os registros de depressão em crianças e adolescentes não são raros e aumentam a cada dia. No Brasil, há vários casos de crianças e adolescentes que chegam a tirar a própria vida devido à depressão, o que chama a atenção dos municípios para essa realidade.

Para Laudecy, é importante a conscientização sobre a saúde mental das crianças e adolescentes. “Como agentes públicos temos o dever de ampliar a divulgação do problema e, ao mesmo tempo, agir para a sua erradicação. Há ainda muito preconceito sobre a depressão, que é sim uma doença e precisa ser tratada”, destacou.

O PL foi aprovado no primeiro turno de discussão e votação, e segue na pauta para apreciação em segundo turno. Após a aprovação no Legislativo, o projeto segue para apreciação do Poder Executivo Municipal.