ESTADO

Kátia deve desistir de disputar as eleições de outubro

11/07/18 10:34 | Atualizado em: 11/07/18 15:33

Já circula nos bastidores da política tocantinense que o fracasso ao tentar articular uma coalizão da oposição contra a candidatura de Carlesse em outubro fez com a senadora Kátia Abreu (PDT) voltasse a considerar a possibilidade de se manter fora da disputa.

A possibilidade já havia sido noticiada pelo Portal Stylo após a o primeiro turno da eleição suplementar, mas ganhou força essa semana. A análise estaria sendo feita em cima do resultado das eleições já que ela só obteve pouco mais de 15% dos votos.

Kátia ainda tem pouco mais de quatro anos de mandato e deve se dedicar, em sua totalidade, ao Senado Federal. A senadora também se dedicará a campanha para reeleição de seu filho, o deputado federal Irajá Abreu (PSD).

Anúncio
Em nota, divulgada no final do mês de junho, a chegou a informar que as lideranças políticas e partidos que a apoiaram durante a eleição suplementar, decidiram manter esse apoio para as eleições de outubro deste ano. O anúncio foi feito em reunião que aconteceu na manhã desta segunda-feira, 25, entre os dirigentes do PDT, PSC, PSD, PEN e Avante.