Natividade

MPE quer saber porque Prefeitura quer fechar hospital público

11/02/19 15:14:10 | Atualizado em: 11/02/19 17:49:15

Foi instaurado, de ofício, na manhã desta segunda-feira, 11, Inquérito Civil Público para apurar as notícias de que a prefeita municipal de Natividade pretende fechar ou transformar o Hospital Municipal Dr. Frederico Nunes da Silva em posto de atendimento 24h. A informação tem causado comoção no município histórico, localizado no sudeste do Tocantins.

A promotora de Justiça Isabelle Rocha Valença Figueiredo, responsável pelo caso, informou que chegou ao seu conhecimento a pretensão da gestão municipal de fechar o único hospital público de Natividade. “Os fatos trazidos ao conhecimento do Ministério Público podem resultar em grave prejuízo à população local”.

A portaria que instaurou o inquérito civil público também determina, dada a urgência do caso, que a prefeitura municipal, em um prazo de cinco dias, informe sobre a veracidade das notícias, remetendo, caso sejam verdadeiras, cópia dos documentos que atestem as razões de tal ato, bem como estudo de viabilidade de manutenção do hospital por profissionais especializados.