ENCONTRO DE MULHERES

Cinthia Ribeiro é convidada de honra do I encontro de Mulheres da OAB

14/03/19 14:32:26 | Atualizado em: 14/03/19 14:32:26

Convidada de honra da mesa redonda no final do I Encontro de Mulheres da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) - Seccional Tocantins, a prefeita de Palmas Cinthia Ribeiro, na noite desta quarta-feira 13, lembrou, inicialmente, que estava no terceiro turno do dia, rotina da maioria das mulheres presentes no evento, que tratou do tema “Um olhar sobre as mulheres nas carreiras jurídicas: conquistas e desafios”.



Durante a discussão, Cinthia Ribeiro destacou que a mulher é uma multidisciplinaridade constante, e à medida que cresce e evolui na sociedade quer e precisa se capacitar mais. “Ser mulher é tudo isso, entender a magnitude do processo que está envolvida, e não abrir mão da feminilidade, da nossa essência”.



A prefeita prosseguiu dizendo que é conhecedora do quanto é árduo ocupar os lugares de poder, e é incrível o quanto tem que afirmar, o tempo todo, o quanto são capazes. “As mulheres são livres, e não podem ser rotuladas, principalmente por outras mulheres”, disse, reforçando do ponto de vista do feminismo, a sororidade, que consiste no não julgamento prévio entre as próprias mulheres que, na maioria das vezes, ajudam a fortalecer estereótipos preconceituosos criados por uma sociedade machista e patriarcal.



Por conta disso, Cinthia lembrou que ao chegar à Prefeitura de Palmas não quis ir sozinha. “Quando cheguei na prefeitura as mulheres representavam apenas 1,3% das funções de comando, atualmente representamos 72% nos cargos de primeiro e segundo escalão”, ressaltou.



Finalmente demonstrou que é seu dever incentivar a construção de políticas públicas de Estado, asseguradas por lei no Legislativo, com o devido orçamento aprovado para realizar essas políticas, que deveriam ser asseguradas na constituição estadual, o que nunca aconteceu, mesmo com 30 anos de existência do Estado. “Ainda há muito por evoluir, a educação é a chave para a transformação de tudo isso. A mulher moderna não delega, não abre mão da sua feminilidade, nem da essência, mas também sabe que ainda tem muito a conquistar”.



A secretária-geral da OAB, Ana Laura Miranda Coutinho, disse que esse primeiro encontro foi muito importante porque conseguiram reunir grandes autoridades, mulheres da magistratura, do Ministério Público, do Poder Executivo e muitas advogadas. “Mostramos em cada uma de nossas carreiras, os desafios e também as conquistas e principalmente que temos buscado a paridade dos gêneros. De forma geral foi muito importante abrirmos esse diálogo com todas as carreiras”, pontuou.



O presidente da OAB-TO, Gedeon Pitaluga, ressaltou que se trata de um momento importante não só para a entidade, mas para toda a sociedade, e lembrou que reforçar as conquistas das mulheres sempre foi compromisso desde o primeiro momento desta gestão OAB-TO. “A OAB-TO é feminina, tem cores femininas, além do compromisso de lutar e ampliar as conquistas das mulheres no Tocantins. Esse é um momento importante para celebrarmos a força e a valorização da mulher no Estado”.



Mesa Redonda



Participaram da mesa redonda para debater a valorização e desafios da mulher advogada no Tocantins, como debatedoras a secretária-geral da OAB/TO, Ana Laura Coutinho, a Conselheira Federal da OAB, Kellen Pedreira, a desembargadora Ângela Prudente, a presidente da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica do Tocantins, Elaine Noleto, a delegada responsável pela Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher, Lorena Josephine Ponce, a membro do Instituto Brasileiro de Direito de Família, Priscila Madruga, a juíza do Trabalho, Suzidarly Ribeiro Teixeira Fernandes, a promotora de Justiça, Thaís Cairo Souza Lopes e a prefeita de Palmas Cinthia Ribeiro como convidada de honra.