Instramuros

Operação investiga facção que premiava criminosos por matar rivais

Polícia Civil deflagrou operação na manhã desta segunda, 15, em 14 cidades do Estado e em Goiás e Piauí

15/04/19 08:56:18 | Atualizado em: 15/04/19 08:56:18

A Polícia Civil deflagrou nesta segunda-feira, 15, a operação Intramuros que tem como objetivo combater uma facção criminosa que atua no Estado nos presídios e fora deles. Os agentes cumpriram 75 mandados de prisão e 72 de busca e apreensão em uma operação com 300 policiais, realizada no Tocantins, Goiás e Piauí.

Segundo a Polícia, as investigações sobre o caso foram iniciadas após agentes encontrarem celulares dentro da Casa de Prisão Provisória de Paraíso do Tocantins. Por seis meses, a polícia constatou que quem matava criminosos que faziam de facções rivais eram promovidos dentro da organização e ganham pontos. No período em que a Polícia investigou o caso, três mortes foram confirmadas. 

Ao todo são cumpridos mandados em 14 cidades. No Piauí a polícia cumpre ordem de prisão na cidade de Marcolândia e em Goiás, os mandados estão sendo cumpridos em Aparecida de Goiânia. A operação também faz buscas dentro de quatro presídios do Tocantins. 

Entre os investigados, 30 fazem parte do sistema prisional, colocados como chefes de facção e comandantes do tráfico dentro das unidades.