Publicidade

Crime

PM realiza operação nas praias do Tocantins

15/07/19 17:56:01 | Atualizado em: 15/07/19 17:56:01

A “Operação Praia Segura”, desenvolvida pela Polícia Militar (PM) do Tocantins, em parceria com os demais órgãos do sistema de segurança pública, vem garantindo tranquilidade aos frequentadores nesta temporada 2019. O balanço do último fim de semana (12 a 14 de julho) aponta que poucas ocorrências de vulto foram registradas pela PM em todas as praias do estado que contam com programação oficial. Segue até o dia 31 de julho o policiamento especialmente desenvolvido para o período.

A Operação tem a participação da Policia Militar, Bombeiros Militar, Secretaria de Segurança Pública, e algumas localidades conta com apoio da Policia Rodoviária Federal e Agências Municipais de Trânsito. Durante a Operação estão sendo desenvolvidas atividades voltadas para o patrulhamento ostensivo, fiscalização de trânsito, resgate e salvamento. Além de atuar diretamente nas praias, a Polícia Militar garante também a segurança nas vias de acesso aos principais balneários do Tocantins. Com foco no policiamento preventivo, combate ao tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, fiscalização rodoviária e ambiental.

Estão empenhadas também nesta Operação as unidades especializadas da PM, como Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e de Divisas (BPMRED), Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), com apoio do Batalhão de Choque e da Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE).

Ocorrências

Tráfico de drogas

Foram registradas duas ocorrências de tráfico de entorpecentes no domingo, 14. Uma na Praia da Raposa, município de Tupiratins. Dois jovens, 21 e 23 anos, foram presos. Em poder dos suspeitos os policiais apreenderam R$ 720,00 em espécie, 20 gramas de substância análoga a cocaína, um celular Samsung, um simulacro de arma de fogo tipo pistola, e dois celulares. A dupla foi encaminhada à Delegacia de Polícia em Colinas.

A outra ocorrência foi registrada na Praia das Arnos em Palmas. Dois indivíduos foram presos depois de abordagem. Em poder da dupla os militares localizaram porções de substância análoga à maconha, que estariam sendo oferecidas a menores de idade. Os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia em Palmas.

Tentativa de homicídio

Foram registadas duas ocorrências desta natureza nas cidades de Itacajá e Peixe. A primeira foi registrada no sábado, 13, na Praia da Tartaruga, município de Peixe. A vítima estava em visível estado de embriaguez e teria sido esfaqueada, mas não soube informar aos policiais quem seria o autor e a motivação do crime. Testemunhas informaram que se tratava de crime com motivação passional. O homem foi socorrido pelos Bombeiros.

Já no domingo, 14, a ocorrência foi registrada na Praia da Orla, município de Itacajá. Um jovem de 19 anos foi preso suspeito de esfaquear outro jovem de 23 anos, depois de um desentendimento. O suspeito preso foi encaminhado à Delegacia de Polícia na cidade de Pedro Afonso.

Roubo e desacato

No sábado, 13, na Praia da Raposa em Tupiratins, um homem foi preso por desacato, depois de resistir a uma abordagem dos policiais. Ele estava em visível estado de embriagues e investiu contra os militares, sendo contido e encaminhado à Delegacia de Colinas.

No domingo, 14, na Praia Ilha Porto Real, município de Porto Nacional, a PM registrou uma ocorrência de roubo de celular, com emprego de arma de fogo (revólver calibre 38). Após patrulhamento, não foi localizado o autor, nem o objeto do crime.

Apoio da CIOPAER

O Helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas – CIOPAER, pertencente à Secretaria de Segurança Pública do Estado, está reforçando as ações da Operação, por meio do apoio para atendimento aeromédico, salvamento aquático e patrulhamento ostensivo aéreo. A cada fim de semana a aeronave está em um local diferente.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Jaizon Veras Barbosa, esclarece que as ocorrências registradas estão dentro do esperado pelo planejamento das ações. “Nossos profissionais estão empenhados no policiamento da temporada de praias 2019, agindo de maneira proativa, dentro dos limites da legalidade e dos direitos humanos, para garantir que os tocantinenses e turistas possam desfrutar com segurança de seu momento de lazer”, destacou coronel Jaizon.