Publicidade
Publicidade
Publicidade

SAÚDE

Projeto Tocantins Catarata Zero inicia em Gurupi e quase 300 cirurgias

07/12/19 07:42:24 | Atualizado em: 08/12/19 07:45:05

O Projeto “Tocantins Catarata Zero”, idealizado pela senadora Kátia Abreu, que objetiva zerar as filas de pessoas nos municípios tocantinenses que esperam por cirurgias de cataratas, foi lançado na tarde desta quinta-feira, 05, em Gurupi, primeiro município a dar andamento ao projeto. Quase 300 pessoas receberam seus protocolos de agendamento e farão suas cirurgias nesta sexta-feira, sábado e domingo, 06, 07 e 08 de dezembro. Serão mais de 90 cirurgias a serem realizadas em cada um desses dias.

Para o prefeito Laurez Moreira é uma grande alegria poder dar início a esse projeto. “É de grande importância esse projeto, estamos juntamente com a senadora Katia Abreu proporcionando uma vida melhor para essas pessoas que lutam por esse tratamento. A cada dia melhoramos a cidade em diversas áreas, e esse investimento em saúde vem para consolidar ainda mais todo esse trabalho em benefício da comunidade gurupiense”, disse.

“A Prefeitura de Gurupi tem investido em pessoas e tem trabalhado dia a dia para que possamos melhorar os atendimentos e ampliá-los. Parcerias como esta são fundamentais para proporcionar uma saúde humanizada e que atenda os anseios da população”, disse o secretário de saúde, Gutierres Torquato.

De acordo com a senadora Katia Abreu a escolha de realizar esse projeto se deu em razão percentual de pessoas que precisam desse tratamento. “Já tem mais ou menos um ano que eu venho estudando sobre a questão das cataratas no Brasil e no Tocantins, e segundo as estatísticas do Banco Mundial 2% dos brasileiros vão ter cataratas especialmente acima dos 50 anos, voltando para o Tocantins esse percentual resultaria em 30 mil cirurgias”, explicou.

A dona Maria do Socorro de Oliveira foi uma das beneficiadas com o projeto. “Eu estou feliz demais, já faz mais de 5 anos que estou pelejando para fazer essa cirurgia e agora, graças a Deus, vou poder sair dessa peleja”, declarou.

O senhor Hélio Soares esperava pela cirurgia há mais de um ano. “Estou muito contente de agora poder realizar o meu tratamento. Há mais de um ano estava aguardando para conseguir e agora vou poder restaurar a minha visão”, comemorou.

Gurupi é uma das cinco regiões reguladores estratégicas em que o projeto se inicia e irá atender aos pacientes da Região da Ilha do Bananal, Sul e Sudeste do Tocantins. Foi destinado pela Senadora por meio de emenda parlamentar mais de 1 milhão de reais para a realização do projeto nestas três regiões.