Publicidade
Publicidade
Publicidade

PALMAS

Cinthia Ribeiro visita hospital para acompanhar pacientes do ‘Catarata Zero’

14/01/20 17:36:11 | Atualizado em: 14/01/20 17:36:11

Nesta terça-feira, 14, em Palmas acontece mais uma série de procedimentos cirúrgicos referentes ao ‘Projeto Catarata Zero’. Com cirurgias eletivas realizadas em duas clínicas da Capital, 25 pacientes foram beneficiados. As cirurgias, que tiveram início no último dia 07, já contemplaram 30 pacientes.

A prefeita Cinthia Ribeiro reservou a manhã para estar em uma das clínicas da Capital, onde acompanhou os atendimentos a 15 pacientes. “Estou muito feliz e agradeço a iniciativa da senadora Kátia Abreu. Por meio do ‘Catarata Zero’ temos a oportunidade de atender uma demanda reprimida e devolver dignidade e qualidade de vida a tantas pessoas”, disse a prefeita. E completou: “tratamento de excelente qualidade com atendimento de ponta, nas melhores clínicas de Palmas e poder participar da alegria dessas pessoas, realmente não tem preço”.

A previsão é que, somente em janeiro, 420 pacientes sejam atendidos pelo projeto, o que equivale aproximadamente a 800 cirurgias de catarata, pois, na maioria dos casos, o paciente é submetido a procedimentos nos dois olhos.

Como é o caso da senhora Santana Torres Siqueira. Moradora de Taquaralto, maranhense de 69 anos, aposentada e mãe de 02 filhas, ela estava ansiosa, aguardando a cirurgia. “Já faz dois anos que aguardo essa oportunidade. O meu olho esquerdo não enxerga nada, a não ser vultos. Estou achando muito bom, porque muitas pessoas, como eu, não têm condições para pagar a cirurgia”, comentou Santana.

O professor aposentado, João Paulo Ribeiro, 74 anos, estava bastante feliz enquanto aguardava a sua vez de ir ao bloco cirúrgico. “Estou feliz e acredito que vou ficar ainda mais com o resultado da cirurgia, pois faz quase dez anos que não consigo ler”, declarou.

Os pacientes passam por uma triagem em um dos postos de saúde do Município, com consulta com o oftalmologista, e depois são encaminhados para as clínicas credenciadas pela Prefeitura (em Palmas são sete) e as cirurgias são agendadas de acordo com o grau de necessidade e disponibilidade dos profissionais.

A estimativa para execução nessa primeira etapa é de 90 dias. As 1.839 solicitações no sistema de espera representam 3.220 procedimentos cirúrgicos. Deste montante, 1.498 solicitações são de Palmas e representam 2.642 cirurgias.

O Projeto

O ‘Catarata Zero’ é uma iniciativa da senadora Kátia Abreu, que por meio de uma emenda parlamentar, contemplou o município de Palmas com recursos da ordem de R$ 1,8 milhão, com o objetivo de zerar a fila de espera para a cirurgia de catarata.