Publicidade

EM NATIVIDADE

Polícia prende homem condenado a mais de 30 anos de prisão

14/02/20 16:50:30 | Atualizado em: 14/02/20 16:50:30

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 98ª Delegacia de Polícia de Natividade, no sudeste do Estado, prendeu na manhã desta sexta-feira, 14, em Porto Nacional, um homem de 60 anos, condenado a mais de 30 anos por homicídio qualificado. Ele cometeu o crime em 1986 na zona rural de Natividade. Na ocasião, o autor, com 27 anos, teria violentado e abusado sexualmente de uma mulher com transtornos mentais e ainda agredido seu esposo de 70 anos.

Segundo o delegado Joadelson Rodrigues Albuquerque, o homem foi localizado em Porto Nacional, cidade a pouco menos de 200 km do local do crime. Atualmente, o autor trabalhava como agricultor familiar em um projeto de assentamento localizado próximo ao município.

Os policiais conseguiram abordá-lo no momento em que ele se deslocou à cidade. “O autor havia sido condenado em 2011 pelo Tribunal do Júri. Após o serviço de investigações e coletas de informações, conseguimos localizar o fugitivo no município de Porto Nacional”, ressalta. Ainda de acordo com o delegado, ao receber voz de prisão, o homem não reagiu. Após os procedimentos habituais, o condenado foi encaminhado para a Cadeia Pública de Natividade.