DE CAMAROTE

Por Jocélia Costa

Coluna

20/10/21 10:07 | Atualizado em: 20/10/21 10:22

Carlesse afastado: alegria para uns, tristeza para outros


Em polvorosa pela decisão que ordenou o afastamento do governador Mauro Carlesse por 6 meses, o Tocantins vê, mais uma vez, o desenrolar de um roteiro conhecido e, de novo, um governo que, ao que tudo parece, não terminará o mandato.

Entretanto, dessa vez não é a cassação de uma chapa e sim apenas do gestor, caindo no colo do vice-governador Wanderley Barbosa o cargo de governador, algo que, verdade seja dita, ele já não tinha mais a esperança de assumir durante o mandato de Carlesse.

Mas não se enganem: as movimentações dos próximos dias prometem mexer com todo o cenário político para 2022, inclusive definindo apoios e fazendo muita gente mudar de lado.

18/10/21 11:56 | Atualizado em: 18/10/21 12:12

POLÍTICA

PSC realiza evento voltado às mulheres do Tocantins



O Partido Social Cristão (PSC), realiza hoje, segunda-feira, 18, a partir das 13hs30, no auditório da Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins, o I Encontro Estadual do PSC Mulher Tocantins, com o tema: Desperte a líder que existe em você! O evento contará com a presença da presidente Nacional do PSC Mulher, Jemima Santana, Presidente do PSC Tocantins, Osires Damaso e reunirá prefeita, vice-prefeitas, vereadoras eleitas em 2020 e será uma oportunidade para troca de experiências, sobre a necessidade da mulher assumir espaços de poder. Na ocasião, a presidente nacional do PSC Mulher, Jemima Santana, dará posse a Comissão do PSC Mulher Tocantins, que será comandada pela vereadora do município de Lajeado, Leidiane Mota, composto ainda pela prefeita de Itacajá, Maria Aparecida, representantes de vereadoras e vices – prefeitas e ainda lideranças femininas.


13/10/21 20:43 | Atualizado em: 13/10/21 20:43

Reeleição?


Eventos como o realizado hoje, pelo Governo do Estado, servem a vários objetivos. Um deles, claro, é medir o nível de apoio do mandatário pelas presenças e o de rejeição e zangas momentâneas, pelas ausências.

Em Talismã, o governador Mauro Carlesse teve boa demonstração de apoio, apesar de algumas ausências chamarem a atenção.

Mas o que marcou o dia foi a insistência do governador em sua candidatura em 2022, a terceira seguida, o que é vedado pela legislação. “Eu sou candidato à reeleição como governador, esse é o meu cargo, eu tenho dito isso porque as vezes eu disputei mandato tampão, ele não conta como reeleição (sic)”, afirmou Carlesse, citando nominalmente parte dos deputados que o acompanhavam e demonstrando a segurança natural de quem deseja manter a confiança da claque.
 

05/10/21 10:45 | Atualizado em: 05/10/21 10:45

Tocantins, 33 anos


Ao completar seus 33 anos, o Tocantins merece aplausos. Sobretudo sua gente mais simples, tão sofrida nos tempos de Goiás, que galgou certa liberdade, alguma independência financeira, mas vê com receio os caminhos trilhados.

É de se comemorar os avanços, claro. Alcançamos destaques dignos de nota, especialmente na educação. Mas ainda temos muito a fazer na saúde e na malha viária, pois muitas estradas, tanto trechos estaduais quanto municipais, estão intransitáveis.

Entretanto, apesar de tudo, hoje é dia de comemorar. Que nas próximas décadas tenhamos mais gente dedicada a fazer deste Estado, de sol e águas abundantes, onde o cerrado encontra a Amazônia, o melhor lugar para seu povo!

28/09/21 08:09 | Atualizado em: 07/10/21 10:36

POLÍTICA

Bancada Federal X Governo do Estado


Uma queda de braço que se arrasta já há alguns anos teve um novo round nesta segunda-feira, 27, com a vinda do Ministro da Educação ao Tocantins. Em Araguaína, onde foi recepcionado por parte da bancada federal, Milton Ribeiro recebeu pedido das mãos do coordenador da bancada federal, deputado Tiago Dimas, para que os recursos do transporte escolar (PNTE) sejam repassados diretamente às prefeituras, que são quem realizam, de fato, o transporte de todos os alunos, inclusive os da rede estadual.

 Ocorre que, atualmente, os recursos de origem federal para essa finalidade vão primeiro para os cofres do Estado que, de praxe, demora meses – até anos – para fazer o repasse aos municípios.

O senador Irajá foi incisivo ao falar do tema. “O que estamos vivenciando aqui é algo imoral, porque não dizer ilegal (por parte) do Governo do Estado”, pontou o senador ao falar sobre a demora na transferência dos recursos.
 

27/09/21 17:16 | Atualizado em: 27/09/21 17:19

E os eleitos serão os mais votados... ou quase


Um ponto da reforma eleitoral que certamente está tirando o sono de muitos pré-candidatos é a questão das coligações. O penduricalho eleitoral sofreu uma tentativa de ser ressuscitado, após alteração feita pelos deputados federais, na Câmara, mas foi vetado no Senado, em um acordo para fazer com que a reforma entre em vigor já em 2022.

Com isso, continuam em vigor a regra atual, que veta as coligações nas eleições proporcionais, ou seja, para cargos do legislativo em todas as suas esferas.
Há quem aposte que isso ajuda a traduzir a verdadeira vontade do eleitor, que verá eleito exatamente os mais votados ao menos de cada partido, pois o coeficiente eleitoral ainda pode interferir e ajudar a eleger candidatos menos votados em certas siglas que tenham, na contagem geral, melhor aproveitamento.
 

20/09/21 09:14 | Atualizado em: 20/09/21 09:14

Mesmo sem procurar

Abundância



O que não tem faltado, no Tocantins, são pré-candidatos. Ao Governo do Estado e ao Senado, facilmente elencados. À Câmara Federal, conseguimos listar ao menos os principais nomes.

Mas a situação fica pitoresca quando analisamos os postulantes ao cargo de deputado estadual. São tantos que se tornou impossível ir à uma feira em qualquer cidade de médio ou grande porte sem encontrar um ou mais, entusiasmados e cheio de ideias para “consertar o Tocantins, dar um jeito na saúde e arrumar as estradas”.

Esta colunista sugere um intercâmbio: considerando que a abundância desses que desejam chegar à Assembleia Legislativa se equipara à escassez daqueles que, atualmente ocupando tal posição, não sacrificam cargos e mordomias palacianas em nome da defesa dos interesses populares, sendo ensurdecedor o silêncio sobre os problemas enfrentados, especialmente na área da saúde, onde cirurgias e outros procedimentos só ocorrem pela “ajuda” de quem tem influência, dadas as longas filas e falta de insumos básicos.
 

17/09/21 09:38 | Atualizado em: 07/10/21 10:32

POLÍTICA

Parceiras abaladas, parcerias em construção


O caminho da oposição parece um rio do cerrado... águas calmas na superfície e muita turbulência interna. Parcerias dadas como certas abaladas, como a do ex-prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (Podemos), e do senador Eduardo Gomes (MDB). Motivo: talvez os dois tenham o mesmo desejo, chegar à cadeira de governador do Tocantins.

 Caso se confirme, esse afastamento entre os dois companheiros políticos de longa data pode dar lugar a outras parcerias, especialmente entre Dimas e a família Abreu, senadora Kátia e senador Irajá.

Improvável? Em política, tudo é impossível até que aconteça.

17/09/21 08:36 | Atualizado em: 07/10/21 10:19

POLÍTICA

Tocando em frente... ou derrubando tudo?



O meio político tocantinense nunca foi um terreno propício para amadores. Mas o processo eleitoral que se avizinha parece que vai colocar por terra muitas crenças e nomes, trazendo dificuldades até para os mais experientes.

Vejamos: até a última semana, alguns amigos do atual poder apostavam todas as fichas na permanência do governador Mauro Carlesse no cargo e na consequente indicação de alguém de sua inteira confiança para a sucessão, descartando o vice, Wanderlei Barbosa.

Até aí, tudo corria bem, afinal as discussões para suceder um governador em seu segundo mandato são normais. Entretanto, para surpresa geral, surge agora a ideia de que a turma do Palácio Araguaia trabalha a possibilidade, inexistente segundo a lei, de um terceiro mandato consecutivo para Carlesse.

No momento, entretanto, não importa a inviabilidade aparente da empreitada. Importa apenas quem a ideia, por mais fantasiosa que seja, encontra quem acredita nela.
 

16/09/21 14:26 | Atualizado em: 16/09/21 14:26

NOVIDADE NO AR

Um novo Camarote: Jocélia Costa assume coluna De Camarote, uma homenagem póstuma a Hércules Dias





Alegria, desejo de viver, sede de conhecimento, cortesia no trato com as pessoas, delicadeza na forma de encarar a vida. Esse era nosso saudoso jornalista Hércules Dias, que foi o idealizador e por tantos anos o responsável por esta coluna.

Assim, como uma forma de homenagear seu criador, decidimos manter a coluna DE CAMAROTE no ar.

Para esse desafio, convidamos a experiente profissional de comunicação e advogada Jocelia Costa, uma das primeiras colaboradoras desse veículo, ex-diretora e ex-superintende estadual de Jornalismo do Governo do Tocantins, com passagem por diversas assessorias de imprensa e veículos de comunicação, e uma eterna curiosa do comportamento humano, seja ele na política ou em sociedade.

A partir de hoje, vamos acompanhar fatos e bastidores da política, da economia e da sociedade tocantinense com um olhar crítico, mas com a mesma leveza que marcou a coluna nos tempos de Hércules Dias.
Quem viver, verá!

24/03/21 10:29 | Atualizado em: 24/03/21 10:29

DE CAMAROTE

Supremo Tribunal Federal declara Moro suspeito


Na sessão desta terça-feira (23), os ministros retomaram o julgamento, interrompido por um pedido de vista do ministro Kassio Nunes Marques. A ministra Cármen Lúcia muda seu voto e diz que o ex-juiz Sergio Moro atuou parcialmente nos processos envolvendo o ex-presidente Lula. Com a decisão da ministrada se forma maioria para suspender os processos e investigações contra o ex-presidente Lula, foram 3 votos a 2. Com isso, o petista volta a ter todos os seus direitos políticos, se tornando novamente elegível. Os autos, que estavam no Paraná, foram enviados para a Justiça Federal do Distrito Federal.



22/01/21 10:49 | Atualizado em: 22/01/21 14:11

DE CAMAROTE (HÉRCULES DIAS)

Tebet e Pacheco: candidatos de aliados e adversários de Bolsonaro que não seriam a escolha de parlamentares tocantinenses




A não ser o evento de início da vacinação contra o Covid-19, no Brasil, pelo menos politicamente falando, a votação no Congresso Nacional, no próximo dia 1o. de fevereiro, quando serão escolhidos os presidentes do Senado Federal  e da Câmara dos Deputados, é o maior acontecimento do país, pois mexe com o Brasil inteiro.

VISITA 'INSTITUCIONAL"

Mexe, inclusive,  com o Tocantins, que no início deste mês recebeu a visita do deputado federal, Arthur Lira (Progressistas), que disputará a presidência da Câmara. Aliás, Lira é tido como candidato do Palácio Alvorada. Em Palmas, trazido pelas mãos de Carlos Gaguim, acompanhado de Eli Borges, Arthur Lira esteve com o governador Mauro Carlesse, no Palácio. 

A visita foi analisada como institucional, mas, segundo informações à DE CAMAROTE, não foi uma  estada representativa de dois poderes, pois Arthur Lira pediu votos e teria conseguido a promessa de cinco parlamentares tocantinenses.

É bom lembrar que o representante governista terá como principal concorrente na disputa, o deputado Baleia Rossi, do MDB, já bastante divulgado como candidato de Rodrigo Maia.

NO SENADO FEDERAL

A respeito das eleições no Senado, os ânimos estão mais acirrados e, consequentemente, tornando o embate mais empolgante. Simone Tebet (MDB/MS) enfrentará o candidato do presidente da República, Rodrigo Pacheco, do DEM de Minas Gerais, além de Jorge Kajuru (Cidadania de Goiás) e o Major Olímpio, do PSL, ex-aliado de Jair Bolsonaro e hoje seu desafeto declarado.

MEIO COMPLICADO

No Tocantins, o senador Eduardo Gomes, é do mesmo partido de Simone Tebet, o MDB, mas ao mesmo tempo, homem de confiança do chefe da nação, sendo o Líder do Governo no Congresso Nacional. Portanto é uma escolha difícil. 

A senadora Kátia Abreu, hoje filiada ao Progressistas, por outro lado, teria afirmado que seguirá as orientações de seu partido, que optou em apoiar a candidatura de Rodrigo Pacheco. Desta maneira Kátia não vai se alinhar às outras 11 senadores mulheres que votariam em Simone Tebet. Quem viver, verá! (HÉRCULES DIAS)

*Lembrando que DE CAMAROTE está também, no Portal HÉRCULES DIAS, no GAZETA DO ESTADO e no Programa Música & Prosa, aos sábados, na REDETV



29/12/20 14:29 | Atualizado em: 29/12/20 19:23

DE CAMAROTE (HÉRCULES DIAS)

Maritacas, politicos, boas intenções, Covid, homens públicos, vacinas e a vida


Do alto do prédio onde moro, na sacada do apartamento, fiquei a contemplar nesta manhã ensolarada, alegrada ruidosamente pelas encantadoras e inquietas maritacas,  o céu límpido do Tocantins, que acabei divagando.

A alvura de nossa natureza se misturou às límpidas águas de nossos lagos, se estendendo até às intenções de nossos políticos. Pelo menos assim deveria ser.

Divaguei com um Estado onde os recursos destinados ao combate à Covid-19, foram gastos nos hospitais para abrandar o sofrimento daqueles que padecem com a doença, principalmente aqueles desprovidos de situação financeira,  e não como objetos de troca.

Imaginei pessoas importantes (na essência da palavra, pois somente somos importantes, se temos serventia para as pessoas, não apenas em termos de cargos públicos passageiros) se livrando das vaidades traiçoeiras que nos tornam soberbos e insensíveis em relação ao sofrimento das pessoas diante de um mundo implacável marcado pelo violência, pelo descaso social, com a inércia dos poderes constituídos.

Eu sou um daqueles que quero a vacina contra a covid-19 e o respeito para ter a liberdade de me vacinar sem escutar a ladainha de que "ninguém se responsabilizará" por mim caso algo dê errado.

Quero a vacina com a autoridade de um cientista do povo, ávido por viver, para abraçar os amigos, os familiares; as pessoas que nunca vi na minha vida.

Não quero as lágrimas derramadas dos filhos, das mães, dos amigos. Quero vida, quero sorrisos! Quero viver, quero a vacina! Quem viver, verá! (Hércules Dias)

28/12/20 09:13 | Atualizado em: 28/12/20 20:08

DE CAMAROTE (HÉRCULES DIAS)

A coisa só se faz, quando é feita! No Tocantins, cinco nomes e dois destinos





Para você chegar em um destino, obrigatoriamente, tem que sair de algum lugar. Isso é óbvio! Não tem como ser diferente. Iris Rezende, um sábio político goiano, mas que encantou todos os brasileiros, já dizia que "a coisa se só faz, quando é feita", Isso se referindo ao trabalho do ser humano. 

E por onde passou Iris fez, e fez muito! Tanto como vereador em Goiânia e deputado estadual, quanto como senador, ministro da Justiça e Agricultura , governador de Goiás e prefeito da Capital. Muitos entenderam suas mensagens e colocaram em prática seus exemplos de vida pública. 

Em terras tocantinenses, analisando o cenário político enxergamos, sem forçar as vistas, um quadro composto pelo senador Eduardo Gomes, governador Mauro Carlesse, prefeita de Palmas, Cínthia Ribeiro, sanadora Kátia Abreu e o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, que deixa o governo da cidade no próximo dia 31, entregando para seu fiel escudeiro, Wagner Rodrigues. Nomes cotados para disputar o governo do Estado e a única vaga no Senado Federal, inclusive provocada pelo término do mandato de Kátia. 

As eleições vão acontecer somente no ano de 2022, mas o palanque está armado e os políticos a todo vapor. As eleições de 22 já começaram  com o término do pleito de 2020. Eduardo emplacou o irmão André Gomes na vice da chapa vencedora de Cínthia; enquanto Mauro Carlesse e Dimas elegeram  seus candidatos, em Gurupi e Araguaína, respectivamente, feito conseguido por poucos na história do Tocantins. 

A senadora Kátia Abreu, segundo ela própria, apoiou prefeitos do interior do estado, que tiveram êxitos nas suas jornadas. Portanto teve papel primordial nas eleições municipais, tornando-se uma forte candidata à sua própria reeleição, e quem sabe, ao governo do Tocantins. Quem viver, verá! (HÉRCULES DIAS)

*Hércules Dias estará com seus comentários na coluna DE CAMAROTE, todos os sábados, no programa Música & Prosa, na RedeTV!, de Palmas, com estreia no próximo dia 9 de janeiro. Apresentação Ted Brum

24/12/20 18:39 | Atualizado em: 25/12/20 19:17

DE CAMAROTE (HÉRCULES DIAS)

Alma lavada. A verdade sempre prevalece. Os perdedores realmente perderam!


Institutos de Pesquisas nunca foram tão massacrados por candidatos e até mesmo por gente da imprensa, como nesta eleição de 2020. Como existem os políticos sérios, também existem empresas de pesquisas eleitorais de credibilidade.

Infelizmente, em Palmas, candidatos mal-intencionados e jornalistas desavisados, colocaram todos no mesmo saco. Os sérios e os desonestos.

Esses candidatos, que aliás não lograram êxito nas urnas por única e exclusivamente, falta de votos, vociferavam contras as pesquisas, em ataques rasteiros e infames. 

Um colunista da capital tocantinense, talvez não medindo o tamanho de sua irresponsabilidade, postou notas ridicularizando pesquisas, tais como semelhante a esta: "se você quiser uma pesquisa com seu candidato na frente, pode encomendar, pois existem "pesquisas" para agradar a todos os gostos. 

Um vereador que disputou as eleições como vice-prefeito, em Palmas, escreveu num influente grupo de whatsApp que "os grandes perdedores" das eleições seriam os institutos de pesquisas. Pelo visto, vereador, ou quase ex-vereador, os derrotados foram os candidatos sem voto. Reprovados pelo povo.
Quem vive, verá! (Hércules Dias)
*Hércules Dias estará com seus comentários na coluna DE CAMAROTE, todos os sábados, no programa Música & Prosa, na RedeTV!, de Palmas, com estréia no próximo dia 9 de janeiro. Apresentação Ted Brum.

30/11/20 09:01 | Atualizado em: 30/11/20 15:13

DE CAMAROTE (HÉRCULES DIAS)

Cínthia é a única mulher eleita entre as capitais brasileiras




A prefeita Cínthia Ribeiro, do PSDB, eleita prefeita de Palmas, no Tocantins, é a única mulher entre os vencedores das eleições nas capitais de todo o país.

Com 42% dos votos angariados ainda no primeiro turno, pois na capital tocantinense não tem o segundo turno.

Cínthia foi vice-prefeita na chapa de Carlos Amastha que renunciou na metade de seu segundo mandato, para se candidatar ao governo do estado, não logrando êxitos!(Hércules Dias)