Publicidade
Publicidade

ESTADO

TJTO estabelece regime de teletrabalho até 16 de março

07/03/21 15:05:55 | Atualizado em: 07/03/21 15:05:55

 O Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) decidiu estabelecer o regime de teletrabalho integral e compulsório nos serviços administrativos e judiciais do Tribunal de Justiça, da Corregedoria-Geral da Justiça e dos anexos até o dia 16 de março.

A Portaria Conjunta Nº 8/2021 foi assinada neste domingo, 07, pelo presidente do TJTO, desembargador João Rigo Guimarães, e pela corregedora-geral da Justiça, desembargadora Etelvina Maria Felipe Sampaio.

O documento levou em consideração o agravamento da Pandemia no Tocantins, o potencial de risco epidemiológico no âmbito do Poder Judiciário e o decreto da prefeitura de Palmas que suspendeu as atividades não essenciais pelo período de 6 a 16 de março.

O TJTO já mantinha em teletrabalho integral os serviços judiciais desde o dia 1° de março. A decisão deste domingo, não atinge os servidores do Espaço Saúde do Tribunal de Justiça.

O presidente do Sinsjusto, Fabrício Ferreira de Andrade comemorou a decisão. “Essa foi uma decisão prudente e que vai resguardar a saúde dos servidores nesse momento de agravamento da pandemia”, disse.