TJTO

Marcado juri de acusada pela morte do médico Pedro Caldas

25/01/22 16:03:16 | Atualizado em: 25/01/22 20:32:17

Está marcado para o dia 14 de março o julgamento de Iolanda Costa Fregonesi, de 23 anos, denunciada pela morte de Pedro Caldas. A data do julgalmente, que será juri popular, consta em pauta já divulgada pelo Tribunal de Justiça (TJ-TO).

Caldas foi vítima de um acidente de trânsito enquanto circulava de bicicleta em 2017, em Palmas.

Entenda
Pedro Caldas foi atropelado por Iolanda enquanto treinava com o triatleta Moacir Naoyuk Ito na Marginal Leste da TO-050 no dia 12 de novembro de 2017. O médico passou 34 dias em coma e morreu em decorrência de traumatismo craniano. A segunda vítima do acidente Moacir Naoyuk Ito teve ferimentos leves.
O inquérito policial concluído pela Polícia Civil em janeiro de 2018 constatou que Iolanda pode responder pelos seguintes crimes: homicídio qualificado, tentativa de homicídio qualificado, dirigir embriagada e sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
Nas redes sociais, ciclistas e amigos do médico fazem campanha para conscientizar à população sobre o respeito aos ciclistas e às normas de trânsito para que acidentes como o de Caldas sejam evitados.