ESTADO

Detran/TO promove palestras e circuito da saúde, com objetivo de divulgar as mensagem do movimento Maio Amarelo

18/05/22 08:59:27 | Atualizado em: 18/05/22 08:59:27

Um conjunto de ações está sendo promovido pelo Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran/TO), por meio da Gerência de Educação para o Trânsito, para divulgar o movimento Maio Amarelo, em Palmas, e municípios do interior do Tocantins. A mobilização tem o propósito de alertar a população para a necessidade da redução da quantidade de acidentes de trânsito.

Na manhã desta terça-feira, 17, foi promovida uma palestra para cerca de 150 funcionários do Grupo Energisa, na sede da empresa, na Capital. Na programação foi realizada uma explanação sobre o movimento Maio Amarelo, repassadas noções sobre segurança viária e disponibilizadas informações sobre os números de acidentes de trânsito.

Além dessa ação, também foi instalado um Circuito de Saúde no hall de entrada da sede do Detran/TO, em Palmas, em que foram oferecidos aos servidores e usuários, orientações odontológica, fisioterápica, nutricional e psicológica, além de aferição de pressão arterial, teste de glicemia e índice de massa corporal. A ação é desenvolvida com o apoio do Serviço Social de Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat).

Dando continuidade às ações, uma blitz educativa está prevista nesta quarta-feira, 18, a partir das 8h, na Avenida Juscelino Kubitschek, quando será promovida uma ação com mototaxistas e motofretistas. O tema nacional do movimento Maio Amarelo neste ano é "Juntos Salvamos Vidas” e o público prioritário das ações de conscientização são condutores em duas rodas (ciclistas e motociclistas).

Para a gerente de Educação para o Trânsito do Detran/TO, Claudineide Lourenço, a divulgação dessas informações diretamente aos condutores e pedestres é fundamental para que a mensagem do movimento seja propagada para um público maior. “Quanto mais pessoas percebam sua responsabilidade para um trânsito mais seguro, mais elevada é a diminuição de acidentes e vítimas de acidentes de trânsito”, disse.

A mobilização

O movimento Maio Amarelo teve início em 2011, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. A proposta é chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.