ESTADO

10 toneladas de sementes de capim irregular são apreendidas em Araguaína

23/06/22 17:57:12 | Atualizado em: 23/06/22 17:57:12

Um caminhão que transportava uma carga de sementes de capim irregular foi abordado nesta quarta-feira, 22, pela Polícia Rodoviária Federal, na BR-153, próximo a Araguaína. Por se tratar de produto vegetal, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) foi acionada, o proprietário foi autuado em R$ 3,6 mil e as sementes foram destruídas no aterro de materiais inertes de Araguaína.

Segundo o supervisor da área vegetal da regional da Adapec de Araguaína, José Carlos Reis, a carga de sementes é de origem do estado de Roraima e seguia com destino ao estado de Goiás. Ele informou que o condutor do veículo apresentou uma nota fiscal da carga como se fosse sorgo e, na verdade, levava 500 sacas de sementes de capim braquiária totalmente irregular, sem o Termo de Conformidade, documento exigido por lei para trânsito de sementes, e nem o Registro Nacional de Sementes (Renasem), bem como sem nenhuma informação nas sacarias, tais como, origem, pureza, validade, entre outras especificações exigidas em lei.

A Adapec alerta os produtores rurais a não adquirirem sementes irregulares, pois estas podem disseminar pragas nas lavouras e causar grandes prejuízos aos produtores rurais e ao patrimônio fitossanitário do Tocantins.